Tags (Rótulos): crise*

143 bookmark(s) - Ordenar por: Data ↓ / Título / Voting /

  1. When the hedge funders asked me the best way to maintain authority over their security forces after “the event,” I suggested that their best bet would be to treat those people really well, right now. They should be engaging with their security staffs as if they were members of their own family. And the more they can expand this ethos of inclusivity to the rest of their business practices, supply chain management, sustainability efforts, and wealth distribution, the less chance there will be of an “event” in the first place. All this technological wizardry could be applied toward less romantic but entirely more collective interests right now.
    https://medium.com/s/futurehuman/survival-of-the-richest-9ef6cddd0cc1
    Voting 0
  2. I asked Hoffman to estimate what share of fellow Silicon Valley billionaires have acquired some level of “apocalypse insurance,” in the form of a hideaway in the U.S. or abroad. “I would guess fifty-plus per cent,” he said, “but that’s parallel with the decision to buy a vacation home. Human motivation is complex, and I think people can say, ‘I now have a safety blanket for this thing that scares me.’ ” The fears vary, but many worry that, as artificial intelligence takes away a growing share of jobs, there will be a backlash against Silicon Valley, America’s second-highest concentration of wealth. (Southwestern Connecticut is first.) “I’ve heard this theme from a bunch of people,” Hoffman said. “Is the country going to turn against the wealthy? Is it going to turn against technological innovation? Is it going to turn into civil disorder?”
    http://www.newyorker.com/magazine/201...1/30/doomsday-prep-for-the-super-rich
    Voting 0
  3. A partir de 1991, o capitalismo se espalhou como fogo de palha por todo o planeta e instaurou uma só instância reguladora: a mão invisível do mercado. Isso também produziu uma ideologia que totalmente alienou a consciência política dos homens. Há, hoje, uma ideologia que dá legitimidade a uma só instância de regulação: o neoliberalismo. Esse sistema sustenta que não são os homens, mas os mercados que fazem a história e que as forças do mercado obedecem às leis da natureza.

    ... »

    E no mesmo relatório sobre a insegurança alimentar no mundo da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) diz: no atual estado de seu desenvolvimento, a agricultura mundial poderia alimentar normalmente 12 bilhões de seres humanos. Ou seja, quase o dobro da humanidade – somos 7,7 bilhões de pessoas hoje. Não há fatalidade. A fome é feita pelas mãos do homem e pode ser eliminada pelos homens. Uma criança que morre de fome é assassinada.

    ... »

    Portanto, esse sistema mata.

    ... »

    Desde a queda do Muro de Berlim em 1989, a liberalização do mercado e a perda do poder normativo dos estados avançou mais que nunca e, ao mesmo tempo, a desigualdade social aumentou. Mas Brandt também nos dizia: quando vocês falarem publicamente, é necessário dar esperança. O discurso deve ser analiticamente exato. Mas ele precisa ser concluído com uma afirmação de esperança. Caso contrário, é melhor ficar em casa.

    Mas onde está essa esperança?

    É a sociedade civil planetária. É a misteriosa fraternidade da noite, a miríade de movimentos sociais – Greenpeace, Anistia Internacional, movimento antirracista, de luta pela terra – que lutam contra a ordem canibal do mundo, cada qual em seu domínio. São entidades que não obedecem a um comitê central ou a uma linha de partido, e que funcionam por um só princípio: o imperativo categórico.

    Emmanuel Kant dizia: “a desumanidade infligida a um outro humano destrói a humanidade em mim”. Eu sou o outro e outro sou eu. Essa consciência, em termos políticos, cria uma prática de solidariedade entre os indivíduos e reciprocidade entre povos. Mas essa sociedade é invisível. Não tem uma sede. Ela é visível cinco dias por ano, no Fórum Social Mundial, organizado pelos brasileiros em Porto Alegre.

    O escritor francês George Bernanos escreveu: “Deus não tem outra mão que seja a nossa”. Ou somos nós que mudaremos essa ordem canibal do mundo, ou ninguém o fará.
    https://jornalggn.com.br/geopolitica/...ltinacionais-alimentam-a-ultradireita
    Voting 0
  4. Arvind Magesan, an economics professor at the University of Calgary, said the IPO has already been tough for drivers.

    "Uber has lowered driver wages and raised prices ahead of May 9, in order to make the company more attractive to potential investors," Magesan told Al Jazeera.

    "Uber (and Lyft) will use some of the proceeds from the IPO will go towards the development of autonomous vehicles. That will ultimately displace at least some of its drivers," he added.
    https://www.aljazeera.com/news/2019/0...rldwide-uber-ipo-190508120954420.html
    Voting 0
  5. -
    http://www.cbc.ca/radio/ideas/survivi...ping-hoping-doping-shopping-1.3973042
    Tags: , , by rhatto (2017-08-05) | Cache | Permalink
    Voting 0
  6. -
    http://epocanegocios.globo.com/Revist...imento-da-renda-basica-universal.html
    Voting 0
  7. O fato de que o capitalismo conseguiu sobreviver às teorias sobre o seu fim não significa que será capaz de fazê-lo para sempre. Sua sobrevivência depende sempre de um constante trabalho de reparação. Mas hoje as tradicionais forças de estabilização não podem mais neutralizar a doença da fragilidade acumulada. O capitalismo está morrendo porque tornou-se mais capitalista do que é útil que seja. Porque teve muito sucesso, desmantelando os mesmos inimigos que no passado o salvaram, ao limitá-lo e forçá-lo a assumir novas formas. Estamos diante de uma dinâmica endógena de autodestruição, de uma morte de overdose por si mesmo. Haverá um longo interregno, um período prolongado de entropia social e desordem. Seu fim deve ser entendido como um processo, não como um evento.
    http://outraspalavras.net/capa/e-o-capitalismo-morrera-de-overdose
    Tags: , by rhatto (2017-07-18) | Cache | Permalink
    Voting 0
  8. -
    http://www.redebrasilatual.com.br/pol...-raul-jungmann-que-cogita-intervencao
    Voting 0
  9. -
    http://gray-design.squarespace.com/#/under-pressure
    Voting 0
  10. -
    https://www.theguardian.com/artanddes...hing-machine-designers-modern-cuisine
    Voting 0

Top of the page

First / Anterior / Próximo / Last / Página 1 de 15 fluxo de links: tagged with "crise"

Sobre - Propulsed by SemanticScuttle