Todos os Bookmarks

  1. Dois integrantes do primeiro escalão do governo são acusados de favorecer a empresa norte-americana Raytheon, que venceu concorrência no valor de US$ 1,4 bilhão.

    A “IstoÉ” mostrou a transcrição de conversas grampeadas entre o chefe do cerimonial da Presidência da República, embaixador Júlio César Gomes, e José Afonso Assumpção, dono da Líder Táxi Aéreo e representante da Raytheon no Brasil. Os grampos, feitos pela Polícia Federal, revelaram uma rede de tráfico de influência em favor da empresa norte-americana, que envolveu também o ministro da Aeronáutica, brigadeiro Mauro Gandra. Ele e o embaixador acabariam sendo forçados a deixar os seus cargos.

    Segundo revelou mais tarde o jornalista investigativo escocês Duncan Campbell, a agência nacional de segurança americana (NSA) também gravou conversas entre funcionários do governo brasileiro e da empresa francesa Thomson-CSF, concorrente da Raytheon na licitação. As informações obtidas nessas gravações teriam permitido que a empresa norte-americana fizesse uma proposta melhor que a rival para o fornecimento de equipamentos ao Sivam.
    http://memorialdademocracia.com.br/card/caso-sivam-derruba-ministro-de-fhc
    Voting 0

Top of the page

Sobre - Propulsed by SemanticScuttle